Esta é uma loja teste. Qualquer pedido feito nesta loja não será atendido ou entregue.

Loja 100% Segura3x sem juros no cartão

Manual Peixe Betta

Peixe Betta Curiosidades e Cuidados


 

 O Peixe Betta (Betta splendens ) tem origem no sudeste asiático e pertencem a sub-ordem Anabantoide da qual também fazem parte o Trichogaster e a Colisa. Em seu hábitat natural, estes peixes costumam viver em poças lamacentas, onde o oxigênio é escasso. Além de possuir a respiração branquial normal, presente em qualquer peixe, os Bettas possuem uma respiração auxiliar que é realizada através de um órgão especial chamado labirinto, localizado na cabeça. Este sistema permite a assimilação do oxigênio do ar atmosférico, que os peixes captam na superfície da água.

Por serem extremamente agressivos entre si, os machos devem ser mantidos em aquários individuais, conhecidos como beteiras. Não há nenhum problema em mantê-los neste espaço restrito, já que essa é a situação que vivem na natureza e sua capacidade de respirar na superfície facilita a manutenção nestes ambientes. O ideal é que as beteiras tenham entre 7 e 10 litros. Para melhor estabilizar o ambiente, pode ser utilizado cascalho no fundo do aquário para auxiliar a fixação das bactérias benéficas. O uso de plantas naturais pode colaborar com a qualidade da água, do mesmo modo que pode fornecer locais de descanso para o peixinho.

A expectativa de vida do Betta é de 4 anos em média. A melhor água para a beteira é a água de torneira, que já apresenta um pH próximo do neutro, ideal para os Bettas (entre 6,8 e 7,2). Antes de encher a beteira, no entanto, é necessário condicionar a água. Para isto, utilize um bom CONDICIONADOR, que neutraliza compostos nocivos, como o cloro e metais pesados. Antes de soltar o Betta no aquário é importante que ele se acostume gradualmente com a temperatura e pH da água onde será inserido, evitando mudanças bruscas. Para isso, prepare a beteira conforme indicado e coloque o saquinho de transporte do peixe fechado dentro da mesma, para que as temperaturas das duas águas possam se igualar. Após alguns minutos, abra o saquinho e introduza no mesmo um pouco da nova água, para que o peixe vá se acostumando com a nova condição que irá enfrentar. Após aproximadamente vinte minutos, solte o Beta no novo aquário.

A manutenção da beteira vai variar de acordo com seu tamanho. Normalmente uma vez por semana, ou conforme haja necessidade, devem ser realizadas trocas parciais de água (40 a 50 %). Primeiramente, retire cerca da metade da água da beteira e coloque em um recipiente limpo. Depois colete o Betta com o auxílio da redinha e coloque-o neste recipiente. Esvazie a beteira e lave os cascalhos em água corrente. Recoloque o cascalho e encha o aquário até a metade com água nova e tratada com um bom CONDICIONADOR de agua. 

Em seguida, despeje com cuidado na beteira a água do recipiente, juntamente com o Betta. Misturando as duas águas você evita choques de pH e temperatura, o que minimiza quedas de imunidade e possíveis doenças. As variações bruscas de temperatura devem ser evitadas, portanto, É interessante utilizar um Aquecedor principalmente nos meses de inverno. O ideal é que a temperatura permaneça entre 25 e 29 °C.É preciso sempre ter cuidado com a quantidade de alimento ministrada, para que a beteira não seja poluída com os excessos. É importante certificar-se de que o alimento dado seja consumido em no máximo cinco minutos. O alimento que não for consumido neste espaço de tempo provavelmente irá se deteriorar, comprometendo a qualidade da água.

Loja Virtual UOL HOST powered by Signativa